E não dito

setembro 27, 2007

Saberia…

Filed under: escritos do hoje — gleisepc @ 9:14 pm
Tags: , ,

 

Saberia o que aconteceu desde então? Era difícil descrever: a boca seca, coração acelerado, um tremor pelo corpo impossibilitando qualquer defesa. Transformara-se em bicho acuado. Enjaulado em seu próprio mundo. Mundinho de presa fácil, rabo entre as pernas e bico calado. Nenhum sussurro se quer manter-se ainda aqui. Baixar os olhos e continuar seguindo um caminho de possibilidades limitadas por seu temor. A mão não pára de tremer. O nível de descontrole é tamanho que não consegue lembrar o que se deu.
A rua escura, um rosto desconhecido a pedir-lhe informações, sua boa vontade em explicar o rumo e, de repente, a realidade se alterou. Abaixado, na nuca o aço encostado perto demais das lembranças de toda vida, olhos pregados em lugar nenhum. A certeza de não olhar cara a cara quem lhe tirava a dignidade. Vítima. Do seu descontrole, do seu mundo, das desigualdades. Mais um nas estatísticas. Número, seu pavor o transformara em bicho marcado, fizera com que na lembrança carregasse sempre o registro de sua ocorrência, número 350.001. Codificado em algarismos romanos o medo da arena.

A rua foi passando por ele com seus sons abafados, a respiração difícil, o desamparo. Faltou-lhe o tino. Faltaram-lhe as lembranças de quem conhecia, do seu lugar. Esboroou-se toda a lógica do caminho cotidiano e ele simplesmente não saberia dizer como tudo foi acontecendo tão rápido e o tempo lhe pareceu tão lento…

Anúncios

Blog no WordPress.com.